O que é feito de... Marcos

Nome incontornável da história do Marítimo nos anos de 2000, Marcos foi dono e senhor das redes maritimistas durante sete épocas consecutivas. Ainda assim, o emblemático guarda-redes brasileiro, hoje com 45 anos de idade, haveria ainda passar por mais dois emblemas portugueses e pelo futebol italiano, além do futebol brasileiro. Muitas dores de cabeça, este guarda-redes causou os avançados contrários com defesas de grande qualidade.

INÍCIO NO PARANÁ
Nascido no dia 21 de Junho de 1976, Siqueira Campos, no estado do Paraná, Sebastião Marcos Barbosa de Oliveira, conhecido no mundo do futebol apenas como Marcos, deu os primeiros passos na equipa do seu estado natal, o Paraná Clube, quando em 1996 integrou a equipa de Sub-20 do emblema brasileiro e no ano seguinte chegou á equipa de Sub-23. Contudo, ainda em 1997, pela mão do técnico Sebastião Lazaroni, chegou á equipa principal do Paraná, onde foi colega de equipa do internacional brasileiro Ricardinho. Em seis épocas no emblema brasileiro, Marcos jogou em 92 jogos oficiais.

SÍMBOLO NA MADEIRA
Depois de dar nas vistas no Paraná Clube, Marcos ruma á ilha da Madeira onde assina contrato com o Marítimo na época de 2002-2003. Na sua passagem de sete temporadas no emblema madeirense, Marcos partilhou o balneário com vários nomes bem conhecidos dos adeptos, como, por exemplo, Mitchell van der Gaag, Pepe, Briguel, Wênio, Luís Olim, Danny, Silas, Abdel Sabry ou Makukula. E na época de 2007-2008 acabaria por se cruzar com o treinador que o lançou no Paraná: Sebastião Lazaroni.
Símbolo do Marítimo, Marcos disputou 217 jogos oficiais pelo emblema dos Barreiros, disputando ainda competições europeias, como a Taça UEFA.

CURTA PASSAGEM POR ITÁLIA E REGRESSO A PORTUGAL
Sai do Marítimo em 2009-2010 e ruma ao futebol italiano, assinado pelo modesto AC Renate, onde fez apenas 1 jogo oficial (para a Taça da Itália e que culminou numa derrota por 3-2 com o Ternana).
Fracassada a sua passagem por Itália, Marcos regressa a Portugal em 2010-2011, assinando pelo SC Braga. Nos Guerreiros do Minho  acaba por fazer também só 1 jogos oficial em duas épocas, tendo sido colega de futebolistas, como, por exemplo, Quim, Márcio Mossoró, Hugo Viana, Lima, Matheus ou Andrés Madrid, tendo sido treinado por Domingos Paciência. 
Terminada a sua aventura pelo SC Braga, Marcos ruma até Santa Maria da Feira e assina pelo Feirense, em 2012-2013, onde acaba por disputar 15 jogos pelos fogaceiros, então a militarem na II Liga Portuguesa.

FIM DE CARREIRA EM CASA
Em 2013, Marcos deixa o Feirense e decide rumar ao Brasil e regressar ao seu Paraná Clube, onde volta a sentir-se uma figura importante na equipa brasileira. Em cinco temporadas no regresso ao Paraná, o guardião brasileiro disputou 142 jogos oficiais e em 2017 decidiu dar por terminada a sua carreira de futebolista profissional.

Actualmente, com 45 anos de idade, Marcos foi Coordenador Técnico do Paraná Clube, equipa onde começou a sua carreira no futebol.


A FICHA

Nome: Sebastião Marcos Barbosa de Oliveira
Idade: 45 anos
Data de Nascimento: 21/06/1976
Local de Nascimento: Siqueira Campos, Paraná, Brasil
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Guarda-Redes
Internacionalizações: Não tem

TRAJECTÓRIA

1996: Paraná (Sub-20)
1997: Paraná (Sub-23)
1997-2002: Paraná
2002-2009: Marítimo
2009-2010: AC Renate
2010-2012: SC Braga
2012-2013: Feirense
2013-2017: Paraná


PALMARÉS

Não tem

Comentários