O que é feito de... Martelinho

Há 21 anos, o Boavista de Jaime Pacheco surpreendia tudo e todos no futebol português ao sagrar-se, pela primeira vez, Campeão Nacional. E entre muitos nomes desse histórico Boavistão está claramente o de Joaquim Pereira da Silva, conhecido no mundo do futebol como Martelinho
Martelinho era um avançado que podia jogar como extremo-esquerdo ou como extremo-direito, dando sempre tudo até ao último segundo de cada jogo pelo Boavista.
Além do emblema axadrezado, Martelinho ainda representou o Penafiel e os espanhóis do Portonovo SD, tendo ainda feito umas épocas no futsal. Martelinho foi um dos heróis desse Boavistão de 2000-2001.

SÍMBOLO DO BOAVISTÃO CAMPEÃO
Nascido no dia 19 de Novembro de 1974, em São Paio de Oleiros, Joaquim Pereira da Silva, mais conhecido por Martelinho no mundo do futebol, começou a sua carreira de futebolista profissional no clube do seu coração - o Boavista Futebol Clube -, onde integrou as camadas jovens axadrezadas na época de 1989-1990 até 1992-1993. 
Contudo na época de 1993-1994, Martelinho seguiu por empréstimo para o FC Marco, onde jogou 36 golos e marcou 4 golos, regressou ao Bessa em 1994-1995 fazendo 15 jogos e foi novamente emprestado ao Desportivo das Aves em 1995-1996, onde realizou 36 jogos e marcou 6 golos pelo emblema da Vila das Aves.
Mas a partir da época de 1996-1997, Martelinho passou a integrar a equipa principal do Boavista, onde apanhou jogadores de grande nível como, por exemplo, Jimmy Floyd Hasselbaink, Russell Latapy, Jorge Couto, Nuno Gomes, Ion Timofte, Erwin Sánchez, Rui Bento ou Bobó e tendo sido treinado por quatro treinadores: Rui Casaca, João Alves, Zoran Filipovic e Mário Reis.
Durante nove épocas, Martelinho tornou-se um símbolo do Boavista, tendo participado num total 243 jogos e apontado cerca de 32 golos, ajudando o Boavistão a vencer um Campeonato (o tão falado de campeonato de 2000-2001), uma Taça de Portugal e uma Supertaça de Portugal.

PASSAGEM POR ESPANHA COM PENAFIEL PELO MEIO
Depois de nove épocas no Bessa, Martelinho abandona o Boavista e ruma a Espanha para assinar contrato com o Portonovo SD, onde foi colega do médio português Bruno Vilela, em 2005-2006. Contudo, o avançado português regressa a Portugal e assina novo contrato com o Penafiel, então na II Liga Portuguesa, e onde se cruzou com um avançado de seu nome Diego Costa e onde foi treinado por Rui Bento, que havia sido seu colega nos tempos de Boavista. No Penafiel, Martelinho participou apenas em 10 jogos. Ainda assim, Martelinho sai do Penafiel e regressa a Espanha, onde volta a assinar pelo Portonovo SD em 2007-2008.

TERMINAR A CARREIRA NO FUTSAL
Na época seguinte, em 2008-2009, Martelinho ingressa no futsal, onde assina contrato com o FC Cidade Lourosa, então na III Divisão da modalidade, onde fica até 2012-2013, faz apenas 1 jogo e termina a carreira de jogador profissional de futebol dentro de uma quadra de futsal.

Atualmente, com 47 anos de idade, Joaquim Pereira da Silva, ou Martelinho, tem curso de treinador de futebol, tendo treinado dos juniores do Feirense e do Boavista e tendo passado pelas equipas principais de Lusitânia de Lourosa e Cesarense. Contudo, até ao dia de hoje, não tem contrato com nenhum clube de futebol.

A FICHA

Nome: Joaquim Pereira da Silva
Idade: 47 anos
Data de Nascimento: 19/11/1974
Local de Nascimento: São Paio de Oleiros, Portugal
Altura: 1,76m
Peso: 66 kg
Posição: Extremo-Esquerdo/Direito
Internacionalizações: Não tem

TRAJETÓRIA

1989-1992: Boavista (juniores)
1993-1994: FC Marco (empréstimo)
1994-1995: Boavista 
1995-1996: Desportivo das Aves (empréstimo)
1996-2005: Boavista
2005-2006: Portonovo SD
2006-2007: Penafiel
2007-2008: Portonovo SD
2008-2013: FC Cidade Lourosa (futsal)

PALMARÉS

1 1ª Liga Portuguesa
1 Taça de Portugal
1 Supertaça de Portugal

EM AÇÃO

Comentários